Arquivo da tag: Um retrato do artista quando guri

Um novo projeto

Ano vai terminando, projetos vão se encerrando – ou em fase de – e a sede por novidade não pára (chupa, reforma ortográfica). Ano passado lancei meu primeiro livro de contos, a razão do absurdo, e esse ano colhi os … Continuar lendo

Publicado em Ficções, Memórias | Marcado com | Deixe um comentário