O Oscar que importa

Hoje à noite teremos mais uma cerimônia de entrega do Oscar. Por mais que se diga que o Oscar é pop demais, que não tem critérios técnicos, ou gosto duvidoso, eu, e acredito muito mais gente, adoro o Oscar. E quem nunca viu um filme só por que ele fez parte do rol dos indicados ou mesmo usou o argumento “esse filme ganhou/foi indicado ao Oscar” para legitimar uma escolha? Assim, sem dúvida, estarei ligado hoje à noite, apenas esperando pelo último envelope, o que revelará ao mundo o grande vencedor, o de Melhor Filme, certo? Errado. Esse não é o Oscar que importa.

Pois bem, o que eu disse acima sobre o Oscar ter gosto duvidoso ou ser popularesco não é de todo mentira. A verdade é que a Academia que distribui o Oscar tem suas idiossincrasias e não é novidade pra ninguém que, muitas vezes, há interesses em jogo, ou simplesmente falta de vontade de inovar, de ousar, preferir o tradicional “fechadinho” ao insinuante “novo”. Pois bem, são coisas como estas que fazem aquele que deveria ser o maior prêmio da noite, o de Melhor Filme, se tornar algo quase enfadonho, previsível. Porém, com toda a pompa e distinção que o prêmio de Melhor Filme carrega e faz com que quase não abra espaço para novidades, existe um outro premiado muito menos “pesado”, no qual a Academia se sente livre para ser ousada, porém este mesmo premiado, por conta deste “escanteiamento”, é, via de regra, subestimado. Trata-se do Oscar de Melhor Roteiro Original.

Não me leve a mal, eu não tenho nada contra a premiação para Roteiro Adaptado, porém, confesso, acho muito difícil que uma adaptação cinematográfica consiga superar seu material original (e Adaptação, um indicado a Roteiro Adaptado (?), que o diga). Não posso negar que excelentes filmes adventos de material pré-existente, mas meu gosto pelo novo e pelo original (com toda a problemática que esta palavra traz), combinado com os argumentos acima me fazem disser, sem medo de errar, o Oscar de Melhor Roteiro Original é o Oscar que importa. Este, sim, é o filme do ano! Aquele que espero ansioso pra ver no cinema ou que colocaria no topo de uma watchlist.

Acompanhe meu raciocínio, ao longo dos anos alguns filmes superestimados acabam levando o Oscar de Melhor Filme, seja por qual motivo. Porém, se você olhar bem a lista de vencedores, vai encontrar pequenas pérolas cinematográficas. Que tal uma lista com Fargo (Irmãos Coen), Pulp Fiction (Tarantino), Fale com Ela (Almodóvar), Juno, Pequena Miss Sunshine, Encontros e Desencontros (com Bill Murray!), Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças, Quase famosos, entre outros, ficando apenas nas duas últimas décadas? Todos estes são vencedores de Melhor Roteiro Original. E, para encerrar, para não dizer que não falei do mestre, há a questão Woody Allen.

Quantos Oscar de Melhor Filme o genial diretor ganhou? Um (Annie Hall)! E quantos de Roteiro Original? Três (Annie Hall, Hanna e as Irmãs e Meia-noite em Paris)! Precisa dizer algo mais?

Este ano não consegui ver muitos filmes indicados ao Oscar (alguns nas categorias técnicas, como O Hobbit), mas acredito que Lincoln e Argo devem dominar a premiação. Inclusive ganhando o “desejado” Oscar de Melhor Filme. Porém, minhas atenções estarão voltadas para o importantísssimo, mesmo subestimado, Roteiro Original, no qual torço por duas figurinhas carimbadas dentre os meus diretores preferidos: Quentin Tarantino (Django Livre) e Wes Anderson (Moonrise Kingdown). Tarantino já ganhou uma vez (faz 18 anos, é verdade), bem que podia deixar essa pro Wes Anderson. Mas qualquer um dos dois que leve, ficarei contente.

E podem dizer que é o meu instinto de escritor/roteirista falando, mas quem se importa em prestigiar um Titanic da vida, quando todo mundo sabe que, mesmo no Cinema, grandes histórias – e, portanto, grandes roteiros – é o que importa.

Anúncios
Esse post foi publicado em Opinião e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s